quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Pedidos vãos...
















Não quero amar assim. É loucura amar alguém tão cedo, é loucura amar alguém tão diferente, é loucura amar como sinto que começo a amar-te.
Peço e imploro aos céus que te levem da minha cabeça e reprimam este princípio de fim. São pedidos vãos! Cartas, mentiras, mentiras que são verdade e cartas que são filosofias de pensamento. Eu aqui… perdida nelas à espera de uma palavra tua que não chega porque não sabes o que sinto… não sabes e espero que não descubras!
Não quero amar assim, não quero pensar que pode haver uma possibilidade além da estrada, do precipício, do labirinto, das imponentes muralhas.
Não quero ter de seguir tal trilho, cair em tal precipício, perder-me nas ruelas infinitas de um labirinto, escalar muralhas de dor para, no fim, descobrir que é impossível amar-te.
Sei-o já! Sei que é impossível e não o desejo. Imploro a todas as possíveis divindades que apaguem tudo o que começa a surgir no meu insensato coração. Pedidos vãos… sei-o bem e é isso que me assusta!

Marina Ferraz
*Imagem retirada da Internet

4 comentários:

Oh beliscado disse...

Deixa-me dizer-te que tu mentes a ti mesma. Tu desejas, tu queres, o caminho é teu e vais segui-lo, tu ardes em câmara lenta dentro de ti, e não creio que esse seja um fogo fátuo, se te move a escrever sobre ele. Estás em período de negação, o que é algo normal tendo em conta os impossíveis, certo? Mas... o segredo de todas as coisas está em vivê-las porque existem, e não porque são possíveis ou não...

Marta disse...

"Podíamos saber um pouco mais
do amor. Mas não seria isso que nos faria deixar
de amar ao saber exactamente o que é o amor, ou
amar mais ainda ao descobrir que, mesmo assim, nada
sabemos do amor."

Tinha que citar Nuno Júdice.
Quem somos nós para mandar no amor? Quem? Por muito que tentemos negar, se o amor diz que sim, é e mais nada temos que fazer do que nos deixar levar na ondulação do mar bravo onde entramos. Alguém disse que era fácil? Ninguém... e nem por isso as pessoas deixam de entregar os olhos à cegueira da alma que encontra uma alma.
O que tiver de ser, será...
Nem todos os homens juntos são capazes de fazer parar o que de mais poderoso se apodera de nós.

Se chover dos teus olhos, estamos cá todos para enxugar as gotas...

Goxti

Raquel disse...

Uma pessoa nao escolhe de quem gostar e as vezes parece que o coraçao vai mesmo atras daquelas pessoas que nos parecem ser impossiveis! Mas olha faz o que te disse tira um tempo para ti e pensa bem em tudo que está a acontecer porque as vezes nem tudo o que parece é e podes estar ai com uma grande confusao nesse coraçao de ouro!! :)

beijinhos

Ana Pinto disse...

So tenho uma coisa a dizer:
Luta e não desistas. Pelo menos tenta senão nunca saberás o que poderia acontecer se assumires o que sentes por esse alguém.
Não e bom escondermos, ao esconder sofremos para nos mesmos. O amor e um sentimento tao bonito. Arrisca e so entao poderas dizer se valeu a pena, se deves ou nao ama-lo ;)
beijinhos