sábado, 1 de dezembro de 2007

Para a felicidade...


Escrevi mil vezes sobre a minha dor! Falei das lágrimas, dos sorrisos tristes, da saudade que fica no fim de algo bom que passou e não voltou mais. Falei de todos os meus tormentos, aumentei cada bater inseguro do coração até à morte tortuosa de uma alma que continua viva e nunca há-de morrer.
Hoje, não vou falar da tristeza que voltarei a sentir nem vou dizer que a saudade se voltará a apoderar de mim porque, desta vez, sei que o que vem depois não importa.
Este texto é para ti, minha amiga! Tu, que apareces poucas vezes mas que, quando apareces, alteras tudo o que há de mal na minha vida. Tu, que na simplicidade dos teus gestos, consegues criar sorrisos no meu rosto. Tu, que me abandonas mas que voltas sempre que estou prestes a desistir e me dás força e alento. A ti, Felicidade, dedico cada palavra deste texto e deste dia no qual me sinto tão bem.
Marco esta hora com o teu nome: Felicidade! Sem promessas, sem contratos, tu chegaste e arrebataste-me da mesma forma. Criaste em mim este sorriso com o qual estou certa que vou adormecer e duvido que vá acordar. Mas não importa o que vai acontecer porque tu, minha amiga de horas breves, estás aqui agora e, agora, eu adoro a tua presença. Estou finalmente a viver o presente, a atingir o significado doce da expressão “carpe diem”.
É por momentos destes que vale a pena viver… e eu vivi um destes momentos num local chamado AGORA.
Felicidade: Tu chegaste nesse momento... não vás embora tão cedo!

Marina Ferraz
*Imagem retirada da Internet

3 comentários:

Raquel disse...

:D fiquei com um sorriso nos lábios e com o coração mais sossegado ao ler este teu texto! É bom saber que tas bem :) espero que este momento dure mtoooooooo!

beijinhos

IpsaEgo disse...

Ainda noutro dia te disse,
"CARPE DIEM" E "CARPE NOCTEM"!!!
é tão melhor quando és capaz de abrir as portas de par em par para deixar o sol entrar...Nem que seja por instantes. Ficas com a recordação e de cada vez que agarres uma recordação, és capaz de vivê-la novamente.

goxmuiti!!

tu és capaz de ser feliz, sabias?

Ana Pinto disse...

:D
E mesmo bom saber que estas bem! ;)
O texto ta LINDO ;)
Que a felicidade venha e nao te abandone ;)
Beijinhos