quarta-feira, 1 de fevereiro de 2006

Algures, onde eu pertenço...

Há um lugar dentro de nós que não se pode completar com fama, com carinho, com realização pessoal, com sonhos ou felicidade. Uma parte de nós precisa de amar, de ver mais, de saber mais, de conseguir alcançar até o mais inalcançável aos olhos dos outros. Para mim, porém, o amor não preenche esse espacinho do coração.
Um dia acreditei no amor, um dia sofri por amor e, por fim, um dia comecei a ver o que é real para mim. E aí o amor tornou-se uma utopia... não existem grandes paixões, apenas grandes momentos!
Não posso falar de amor... não sei se ainda sou a menina que acreditava em sonhos, acho que algures me transformei, algures perdi toda a minha verdade, todo o meu saber, toda a minha felicidade.
Sei que é impossível ser feliz escolhendo a solidão, só que, no mais profundo do meu ser, eu sei que nunca vou estar sozinha... Há quem lhe chame solidão, mas para mim é apenas liberdade e eu quero ser livre, é o que mais desejo.
Por mais que eu lute contra os medos serei fraca, eu sei disso. Mas a minha maior certeza, neste momento, é que ser fraca dentro da fortaleza não é muito mau, desde que seja forte nas provações... por isso não desisto de lutar pelos sonhos e não desisto de tentar ser feliz. Apenas abdico daquilo em que não acredito... abdico do amor!


Marina Ferraz

3 comentários:

rita aka hippie bitch disse...

por estarmos presos neste mundo sem escapatoria n ker dixer k a ele pertensamos, pois a nossa alma é livre de sonhar e de se libertar por ixo msm k n seja este o mundo a k prtensemos, pertensemos de certeza a um mundo kk

bjxx***

Anónimo disse...

Já tenho mais um sonho que quero, com todas as minhas forças, que se realize...

Antes de te conhecer e falar contigo, não ligava nem acreditava nada nesse "negócio do amor". Mas conseguiste fazer-me mudar de ideias... mesmo que involuntariamente.

Agora revelo-te o meu desejo: quero fazer-te mudar de ideias. Quero conquistar-te, e fazer-te acreditar no amor... como eu acredito agora... graças a ti.

Açúcar

Tiggy disse...

Amor jamais esquecido...
Amor para as almas perdidas...
Amor... Será que o encontremos...
Amor... Não sei, mas creio
Que lutaremos...
Amor... Felicidade incrível...
Amor... O único sentimento
Credível...
Amor... Estás perto e tão longe...
Amor... Nos teus olhos
Encontrei-o hoje...

Para a Princesa, herdeira do Reino do Meu Coração...
Beijinhos!