domingo, 6 de janeiro de 2008

Acredito em ti...

Dediquei quase todos os meus textos ao amor mas a amizade nada é senão um tipo muito especial de amor… O único amor – disse alguém – que nunca morre.
Por isso este é para ti e tu sabes quem és. Porque és mais do que achas ser.




Por vezes o mundo não compreende. Mas não importa que o mundo não entenda… porque o mundo não passou pelo mesmo que tu, não passou pelo mesmo que eu e há coisas que só podem ser compreendidas quando as vivemos.
Mas tu tens, tal como eu tive um dia, de lutar contra o que tu achas errado, porque achas que há outras soluções, e não de lutar contra o que os outros pensam do que fazes ou deixas de fazer.
Eles não vão viver a tua vida. Eles não vão sofrer as tuas dores. Eles não vão seguir o teu caminho. Eles falam porque não conhecem e porque é muito mais fácil julgar os outros do que pensar nos próprios erros.
Mas hoje eu, que entendo em parte o que estás a passar, estou aqui para te dizer que mesmo quando o chão que pisas parece desabar, existe alguém que não te deixa cair e mesmo quando parece que não há soluções há sempre uma restea de esperança que não te deixa bater no fundo. Porque existem os amigos e existe gente para quem és extremamente especial apenas por seres como és. Não penses que não fazias cá falta porque, estou certa, muita gente sentiria um grande vazio se não estivesses.
És uma miúda fantástica… não te percas na ideia do que os outros podem pensar porque, se vires bem, não há ninguém que te acuse que jamais tenha errado. Podes sempre contar comigo!
Força e toca a lutar para o futuro ser melhor do que o passado. Não é o que fizemos que nos define mas sim a força que temos para fazer melhor do que fizemos antes.

ACREDITO EM TI!

Marina Ferraz

*Imagem retirada da Internet

2 comentários:

Raquel disse...

Este comment é para a Sandrinha:
Eu sei que hoje te dei na cabeça,sei também que te magoei ao faze-lo quando se calhar devia de ter falado contigo so que so o fiz por gostar muito de ti, se nao gostasse ter-me-ia sido indiferente!
Como a marina diz es uma pessoa especial, eu sentiria muito a tua falta se te acontecesse alguma coisa, espero que o saibas!

Marina, minha afilhada linda, o teu post ta fantastico! Obrigada por seres como es e pelo resto, tu sabes!

beijinhos

Sandra disse...

O que te dizer depois de ler isto??? Fiquei, literalmente, sem palavras...
Obrigada por acreditares em mim, pelo apoio, pelo carinho!
Não sei se mereço tudo isto, mas prometo que vou lutar contra isto; vou lutar contra mim própria e voltar a ser quem era!
Não vai ser fácil, mas vou fazê-lo por causa de pessoas importantes como tu!
Obrigada!
Gosto muito de ti piminha linda!!!
Quanto a ti, Kelinha, é verdade que fiquei triste, mas foi por te ter magoado!!! Obrigada às duas por tudo! Obrigada por não teres sido indiferente!
Bjs. Mágicos ***